COMO É FEITO O OSB?

Produzido a partir de madeira reflorestada com espécies florestais de rápido crescimento, emulsão parafínica, resinas resistentes à humidade e água, o Oriented Strand Board é um painel de madeira composto a partir de três a cinco camadas. O produto Brasileiro, possui quatro camadas - duas externas orientadas no sentido longitudinal e duas internas, cruzadas no sentido perpendicular. A norma seguida pela produção é o processo de fabricação 100% automatizado e o alto nível de orientação das tiras nas camadas externas e internas - aproximadamente 90% do processo é orientado - asseguram propriedades técnicas superiores.No procedimento de colagem, as duas camadas externas e longitudinais recebem PF (fenólica) e as camadas internas e transversais, MDI. A função da resina é garantir que as placas não se descolem com a acção da água. Os adesivos à prova de água são os mais utilizados no fabrico do OSB por serem extremamente resistentes às intempéries e não degradados na presença de humidade. A aplicação de cola líquida assegura um equilíbrio do conteúdo de humidade similar à humidade predominante de 8 +/- 3%.

Uma vez prensados, os painéis apresentam baixos níveis de fenol e formaldeído livres, sendo classificados, segundo a norma Europeia EN 120, como sendo tipo E1, ou seja, completamente seguros de qualquer possibilidade de vir a causar cancro nos seus usuários. A emulsão parafínica utilizada é um aditivo agregado ao painel cuja função é evitar que este absorva grandes quantidades de humidade - sem ela, as placas inchariam 40% a mais do total da sua espessura. Alguns dos produtos produzidos são imunizados contra insectos xilófagos, passíveis de atacar a madeira, tais como os LP Home Plus Estrutural e LP Indu-Plac Plus.


Processo de fabrico





O OSB é produzido a partir de toros de madeira de florestas sustentáveis, 100% reflorestáveis.
Confira o processo:
1) Os toros são descascados e cortados em tiras ao longo da sua fibra.

2) Estas tiras são secas, classificadas por granulometria e misturadas com uma composição de resinas de colagem à prova de água, emulsão parafínica e insecticidas.

3) Esta composição segue para as formadoras onde serão produzidas as camadas orientadas, formando o colchão.

4) O colchão entra na prensa contínua de alta temperatura e pressão, onde será formado o master panel










5) Na saída os painéis são cortados com o seu tamanho comercial. Todo este processo é totalmente automatizado, com a monitorização de câmaras e computadores.